logo-home-new-amp
  • Centra de atendimento 45 2105 2000
  • Centra de atendimento 45 2105 2000

DME – Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

DME – Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie:

Desde 2017 estamos alertando sobre a nova obrigação da entrega da DME (Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie), enviando correspondências, videos explicativos e em contatos pessoais.

Reforçamos que a devida obrigação deve ser entregue quando da ocorrência das situações abaixo relatadas e informamos que realizamos pesquisa junto a revista técnica sobre a necessidade de enviar a informação quando do recebimento de vendas em dinheiro e recebemos a seguinte resposta:

Resposta: Sim, se a empresa receber ( única venda) em dinheiro vivo está obrigada a DME.

O objetivo da DME é informar recebimentos em espécie, cédulas, provenientes de alienação ou cessão onerosa ou gratuita de bens e direitos, de prestações de serviços, de aluguel, entre outras operações, por mês calendário.

O limite de 30 mil reais será considerado “por montante” quando uma ou mais operações forem realizadas com uma única pessoa, ou seja, deve-se somar o valor recebido em espécie no mês, da mesma pessoa, para identificar a obrigatoriedade; será “por operação”, se uma única operação for realizada com mais de um cliente (fonte pagadora), ou seja, deve-se somar o valor recebido em espécie de cada fonte pagadora para identificar o valor da operação e consequentemente da obrigatoriedade e, se atingir o valor de 30 mil ou mais, o beneficiário deverá declarar a operação.
Resumidamente entregará a DME quando:
– Quando uma única operação (única venda, doação ou cessão) ultrapassar R$30.000,00, no mês, independente do número de pessoas.
– Quando receber de uma única pessoa mais de R$ 30.000,00 no mês. Nos casos em que for operações distintas, não haverá a soma, onde deve-se analisar os valores recebidos separadamente. Quem entregará é a pessoa física ou jurídica que receber o rendimento. Base Legal: Instrução Normativa RFB nº 1.761/2017, art. 4º.

Portanto, a DME deve ser entregue pela empresa sempre que estiverem presentes as situações acima. Para entrega da obrigação deve ser realizado os seguintes procedimentos:

1 – Da Identificação: Será informada na DME a identificação da pessoa física ou jurídica que efetuou o pagamento. Em tal identificação, devem constar o nome ou a razão social e o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).

2 – Do Acesso: O acesso a DME está disponível no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (eCAC, no serviço “apresentação da DME”) da RFB na internet no endereço: http://www.receita.fazenda.gov.br
O acesso a DME é sempre feito por certificado digital e-CPF ou e-CNPJ. Quando a informação for prestada por representante legal de terceiros, além do e-CPF ou do eCNPJ do representante legal, também se exige procuração eletrônica. O Certificado Digital permite a identificação de uma pessoa no ambiente digital/eletrônico em transação na internet que necessite de validade legal e identificação inequívoca. A lista de autoridades certificadoras, habilitadas pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) para emissão de Certificados Digitais eCPF, está disponível em: http://idg.receita.fazenda.gov.br/orientacao/tributaria/senhas-eprocuracoes/senhas/certificados-digitais

A Procuração Eletrônica, emitida exclusivamente pela RFB, é o instrumento que permite que uma pessoa (física ou jurídica) represente outra pessoa (física ou jurídica) em relação ao cumprimento da obrigação referente a DME. As orientações para obtenção da procuração estão disponíveis em: http://idg.receita.fazenda.gov.br/orientacao/tributaria/senhas-e-procuracoes/procuracoes Após o envio da DME, será emitido um recibo de entrega. Tal recibo conterá um número necessário tanto para a consulta posterior como para a retificação da DME já entregue. Erros, inexatidões ou omissões constatados depois da entrega da DME podem ser corrigidos ou supridas, conforme o caso, mediante apresentação de DME retificadora. Para tanto, o usuário acessará a opção “Consultar uma DME” e após selecionará a opção “Retificar”.
Veja Manual da DME no endereço: http://idg.receita.fazenda.gov.br/orientacao/tributaria/declaracoes-e-demonstrativos/dme-declaracao-de-operacoes-liquidadas-com-moeda-em-especie/manual-dme.pdf

3 – Do Prazo de Entrega: A DME deve ser enviada à Receita Federal até as 23h59min59s, horário de Brasília, do último dia útil do mês subsequente ao mês de recebimento dos valores em espécie. A não apresentação da DME ou sua apresentação fora do prazo ou com incorreções ou omissões sujeita o declarante a multa e a sujeição potencial de o agente ser objeto de representação pela prática em tese do crime de lavagem de dinheiro. As instituições financeiras reguladas pelo Banco Central do Brasil não estão sujeitas à entrega da DME.

4 – Da Multa: A penalidade pela não apresentação ou entrega em atraso é: Pagamento de multa pela entrega extemporânea R$ 100,00 (Pessoa Física) e 500,00 a 1.500,00 (Pessoa Jurídica). Nos casos de entrega com atraso sem ser notificado, ou seja, por liberalidade, terá desconto de 50%. Orientamos a empresa que controle os recebimentos que se enquadrem nas situações acima e apresentem as referidas declarações nos prazos previstos. Sugerimos que quando o enquadramento na obrigação decorrer de recebimento de clientes em função de venda ou prestação de serviços que o mesmo seja comunicado que será realizado essa informação à Receita Federal.

Estamos a disposição para qualquer orientação ou treinamento adicional.
Atenciosamente

Elizangela de Paula Kuhn
De Paula Contadores Associados

Añade un comentario público

POLÍTICA DE QUALIDADE

“Prestar serviços de contabilidade, consultoria empresarial, assessoria tributária, trabalhista e societária, com foco no crescimento e a satisfação do cliente, respeitando a ética profissional e buscando a melhoria contínua.”

CRCPR 3859

Notícias Recentes

Redes Sociais:

Nosso Canal

Inscreva-se para a nossa Newsletter

POLÍTICA DE QUALIDADE

“Prestar serviços de contabilidade, consultoria empresarial, assessoria tributária, trabalhista e societária, com foco no crescimento e a satisfação do cliente, respeitando a ética profissional e buscando a melhoria contínua.”

CRCPR 3859

CENTRAL DE ATENDIMENTO
Telefone: 45 2105 2000
Fax: 45 2105 2010

LOCALIZAÇÃO
Rua Antônio Raposo, 310 – Centro. Foz do Iguaçu – PR

EMAIL
depaula@depaulacontadores.com.br
atendimento@depaulacontadores.com.br

2018 © Todos os Direitos Reservados • DEPAULA CONTADORES - Desenvolvido por Evah.io