DME – Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie:
agosto 10, 2018
Receita Federal cancela o PERT de mais de 700 “viciados em Refis”
agosto 10, 2018

Abono Salarial Ano Base 2017:

Os pagamentos do PIS/Pasep ano-base 2017 começam no próximo 26 de julho. O calendário foi definido nessa terça-feira (26) pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). A estimativa da pasta é de que sejam destinados R$ 18,1 bilhões a 23,5 milhões de trabalhadores.

De acordo com o calendário, os trabalhadores da iniciativa privada, vinculados ao PIS, vão receber o benefício de acordo com o mês de nascimento. Os que fazem aniversário de julho a dezembro, terão o benefício disponível ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho, poderão realizar os saques em 2019. Confira a tabela:

Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2017. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Convenção Coletiva de Trabalho.

Ano de 2018 – Atraso no Fechamento das Convenções Coletivas de Trabalho (CCT)

Historicamente os empregadores e empregados sofrem com os efeitos decorrentes do atraso no fechamento das Convenções Coletivas de Trabalho (CCT), e este ano já é notório que não está sendo diferente! O calendário está próximo do mês de Agosto e até o momento foram registradas apenas 04 convenções coletivas neste ano (Saúde, Entidades, Professores e SIEMACO Asseio/Conservação). Fato é que novamente os empregadores deverão se precaver, provisionando os custos com valores que serão devidos retroativamente aos empregados, como diferenças salariais, diferenças de férias já concedidas, diferenças de vale-alimentação entre outras verbas sociais ou remuneratórias que estejam contempladas pelo referido reajuste. Fique atento e conheça sua Convenção Coletiva de Trabalho, afinal o sucesso de sua empresa também depende dela!


Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério do Trabalho  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *